Página Inicial

burrice

Muito prazer. Meu nome é Cidadão Ignorante. Faço parte da família dos Povos Burros que inclui quase todos os povos deste planetinha aqui na periferia da galáxia.

E nada de ficar ofendido. Não estou falando só dos brasileiros. Povo Burro é coisa genérica. Em todos os países do mundo. Em todas as épocas. Aconteceu na Alemanha, quando um louco, que era muito bom para falar com o povo, convenceu a este que a carestia que estava tornando todos cada vez mais miseráveis era culpa dos judeus e não da Inglaterra e da França que derrotaram a Alemanha na Primeira Guerra Mundial e exigiram indenizações de guerra pesadíssimas que ferraram com a economia alemã.

O Povo Burro da Venezuela (ou pelo menos parte daquele povo) também se deixou enganar pelos mimos que o Hugo Chaves começou a dar para os pobres que passaram a ver nele o Salvador da Pátria. Era um povo muito sacrificado e para o qual as classes mais ricas não davam muita bola. Por causa disso o papo de pai dos pobres do milico caiu bem, porque antes ninguém tinha dado nada para a população mais necessitada.

Só que a “bondade” de Hugo Chaves tinha um custo muito pesado: acabou com a economia da Venezuela, sucateou a maior e mais importante empresa de petróleo do país, a PDVSA que passou a bancar todas os benefícios sociais e por isso agora só dá prejuízo. Enquanto o preço do petróleo estava nas alturas a coisa até deu certo, mas quando a poeira começou baixar, o petróleo despencar e os compradores encontrarem outras alternativas melhores a verdade começou a aparecer. E o governo que se dizia “socialista bolivariano” (seja lá que bosta for isso!) não pôde mais continuar a financiar os pobres. Como destruiu a própria indústria do país, a Venezuela hoje não consegue nem produzir seu próprio papel higiênico.

O mesmo podemos dizer do Povo Burro de muitos outros países da América Latina que viviam dando ouvidos a “pais dos pobres” como Perón, Getúlio Vargas e outros que ou acabavam impondo uma ditadura ou afundavam as nações gastando muito mais do que elas conseguiam produzir.

E se quer um exemplo de burrice norte americana é só lembrar da burrice do povo daquele país quando o Bush, o Rei dos Burros, cometeu a estupidez de invadir o Iraque baseado em fatos que nunca foram provados, fora o fato de que o chefão de lá, Saddam Hussein era um puta ditador. Bem, isso nunca foi problema para os Estados Unidos que sempre tiveram grandes amigos ditadores, desde o Pinochet até o rei da Arábia Saudita. E antes que a chamada “esquerda” venha me parabenizar por falar mal dos gringos, não se esqueçam também que a China e a Rússia sempre cultivaram um carinho especial por ditaduras brabas, com as da Síria e da Coréia do Norte

Isso sem falar, é claro, nos governos ditos progressistas brasileiros que desde a época do Lula sempre tiveram um carinho todo especial por ditaduras sanguinárias com a Líbia do Khadhaffi, a Guiné Equatorial, o Irã dos Aiatolás (com a desculpa de fazer bons negócios) e a semiditadura do Hugo Chaves que agora partiu para os finalmente prendendo e arrebentando todos os opositores, no melhor estilo de tiro, porrada e bomba. E a Dilma hein? Não diz uma palavra!

 

* * * 
burrinhodoshreck


Se você gostou deste artigo, veja mais sobre a nossa ignorância nos menus acima que explicam um pouco as ignorâncias política, econômica, financeira (não, não são a mesma coisa), emocional e até alimentar!

Sugiro que você copie o endereço desta página e a coloque como um post no seu Facebook. Assim você colabora para divulgar a nossa Falta de Ignorância!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s